Devo considerar o plano de saúde como item essencial?

Tempo de leitura: 2 minutos

Diante da crise provocada pela Covi-19, muitas pessoas se questionam: “devo considerar o plano de saúde como item essencial?”. É uma pergunta muito pessoal, mas, diante da eminência de um colapso na saúde, ter um bom plano de saúde pode ser muito útil e, até mesmo, salvar vidas.

Isso porque, junto a moradia, alimentação e educação, a saúde e o cuidado dela está sim entre os itens essenciais para o bem estar de um indivíduo ou grupo familiar. Então, se pensarmos pelos critérios do cuidado e bem estar, num país como o Brasil que tem sérios problemas no atendimento público à saúde, o plano é sim um item essencial.

Ao contratar um plano de saúde, você pode ficar tranquilo sobre os lugares que deve procurar atendimento, por exemplo. É sempre bom deixar uma reserva caso algo aconteça, não é mesmo? Mas, no que se refere à saúde, se você tiver um bom plano, estará tranquilo diante de qualquer emergência.

Por isso, a pergunta: devo considerar o plano de saúde como item essencial é importante sim! Seja em tempos de pandemia, seja em qualquer momento, para pessoas que se preocupam consigo mesmos e com seus familiares.

Obedeça a critérios

Em momentos de crise, algo muito importante a ser feito é estabelecer prioridades. Isso porque ao estabelecer prioridades, as pessoas perceberão o que são itens essenciais ou não.

Para algumas pessoas, por exemplo, consultar frequentes com o psicólogo são muito importantes, para outras, estar constantemente em atualização pode ser considerado um item essencial.

Mas, confira algumas dicas de como elencar prioridades:

• Respeite seu ritmo de vida (se é uma pessoa mais ativa ou alguém que prefere o conforto do lar, por exemplo);
• Corte coisas supérfluas (assinaturas de jornais que você não lê ou de bebidas que não consome);
• Não tenha medo de investir no que te faz bem (faça o que te dá tranquilidade e retorno a longo prazo);
• Pense no futuro (não gaste tudo pensando que terá novas entradas);
• Tenha sempre uma reserva para momentos de crise.

Seja previdente e controle gastos

Um erro muito comum que a maioria das pessoas comete é não pensar no amanhã. Então, ao contratar um plano de saúde você verá que está investindo a longo prazo, ou seja, é melhor ter um controle dos gastos do que precisar fazer uma dívida caso uma emergência de saúde aconteça.

Sim! Devo considerar o plano de saúde como um item essencial, sobretudo se sou uma pessoa com alguma doença crônica ou com alguma dificuldade recorrente que inspire cuidados! Para o bem estar da família, um plano de saúde, é, sem dúvida, essencial.

Solicite um orçamento rápido de planos de saúde na Consult Vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *